Menu

pin icon
pin icon
Publicar um anúncio
circle-add icon
Cadastrar Organização

Buscar

Como trabalhar com tartarugas marinhas na Ilha do Sal em Cabo Verde

Carol Walton de perfil da imagem

Carol Walton

Tartaruga Marinha na areia em direção ao mar

A Ilha do Sal, em Cabo Verde, é um dos maiores locais de desova das tartarugas marinhas do mundo. As tartarugas marinhas são um ícone cultural e ambiental do Sal. A sua imagem está na moeda nacional de Cabo Verde e desempenha um papel essencial no ecossistema marinho da ilha. Mesmo assim, as tartarugas marinhas e seus ninhos permanecem ameaçados por ações humanas, como caça furtiva, poluição e predação por cães. Felizmente, por meio de suas iniciativas comunitárias e trabalho de conservação, a equipe do Projeto Biodiversidade fez progressos na proteção desses animais marinhos importantes, mas vulneráveis.

O Projeto Biodiversidade é uma ONG de preservação ambiental com sede no Sal. Eles trabalham com voluntários locais e internacionais para conservar e restaurar o ecossistema da ilha. Sua principal missão é proteger as tartarugas e seus ninhos na ilha. Conforme afirmado por Shannon Sutherland, Gerente de Comunicações e Marketing do Projeto Biodiversidade, “o programa combina conservação com proteção direta.” O Projeto Biodiversidade oferece várias iniciativas, incluindo Educação e Promoção Ambiental, Programa de Guardiões do Mar e campanhas de Conservação de Tartarugas Marinhas e Monitoramento de Aves Marinhas.

Os voluntários que participam da campanha de Conservação das Tartarugas Marinhas ajudam fazendo patrulhas noturnas na praia para proteger as tartarugas e coletam dados com assistentes de campo para rastrear suas atividades de nidificação. Eles também ajudam na incubação, manutenção dos processos de incubação e sensibilização da comunidade. A época de nidificação ocorre de junho a meados de outubro. Como voluntário no programa de monitoramento de aves marinhas, os participantes ajudam biólogos locais a coletar dados sobre as diferentes colônias e populações de pássaros na ilha. Como esse programa recebe apenas dois voluntários por vez, o trabalho é um pouco mais prático; no entanto, os voluntários do programa de monitoramento de aves marinhas trabalham com conservacionistas experientes.

Voluntários trabalham no Projeto Biodiversidade

Antes do COVID-19, o Projeto Biodiversidade hospedava muitos voluntários internacionais. No entanto, devido à pandemia, eles tiveram apenas quatro voluntários internacionais em 2020.

“Para os voluntários internacionais que deveriam vir, as fronteiras foram fechadas em março. Muitos não se sentiam confortáveis ​​com a viagem naquela época e reagendaram para mais tarde na temporada. As fronteiras não foram abertas até meados de agosto. Normalmente temos cerca de 70 voluntários no programa de tartarugas marinhas, a cada ano. Apenas quatro participantes internacionais se ofereceram como voluntários; dois da Espanha e dois dos Estados Unidos. Tivemos muita sorte em contar com a ajuda deles ”, afirma Débora Newlands, Coordenadora de Voluntários do Projeto Biodiversidade. A equipe teve a sorte de ter voluntários locais se juntando a eles em seus esforços em 2020. Débora afirma:

“Foi muito importante ter voluntários locais envolvidos em 2020. Esta foi uma temporada recorde para nós. Tínhamos mais de 35.000 ninhos em toda a ilha, então foi muito importante e realmente valorizamos que tenham vindo.”

Mesmo com o esforço local, a equipe adoraria continuar seu programa internacional, especialmente com o aumento recorde de ninhos no ano passado.

Baby sea turtles crawling to the ocean.

Como você pode ajudar

O Projeto Biodiversidade está atualmente aceitando inscrições para voluntários internacionais. Os participantes devem ter 18 anos ou mais e uma paixão pela preservação e proteção ambiental. Eles devem se sentir confortáveis​​ trabalhando ao ar livre à noite para o programa de tartarugas marinhas ou trabalhar em torno de áreas de montanhas rochosas para o programa de monitoramento de aves marinhas. Os voluntários também devem se sentir à vontade para trabalhar com pessoas de diferentes origens. Nenhuma experiência anterior ou graduação é necessária. Os voluntários precisam ter seguro de saúde ou de viagem que inclua teste de COVID.

Medidas de segurança implementadas

As medidas de segurança COVID-19 estão em vigor. Shannon relatou que a ilha teve a sorte de não ter sido tão devastada pela pandemia quanto outras partes do mundo. A equipe segue todos os protocolos da Organização Mundial de Saúde para garantir a segurança de todos. Eles evitam grandes migrações de pessoas e garantem que todos mantenham os 6 pés de distância necessários uns dos outros. O trabalho é feito principalmente ao ar livre em um acampamento aberto e na praia, tornando mais fácil manter o espaço necessário de 2 metros quando possível. Os voluntários precisam usar máscaras e desinfetantes para as mãos. A equipe também toma precauções de segurança ao usar o transporte pela ilha.

Apesar dos desafios trazidos pela pandemia do ano passado, o Projeto Biodiversidade continuou a avançar e trazer o progresso em sua missão. Shannon afirma, “todos os anos, ficamos cada vez mais impressionados com os resultados do nosso programa de proteção às tartarugas marinhas. Apesar do COVID, fomos capazes de prosseguir e enfrentar quando o trabalho quase dobrou, em um volume a que normalmente não estamos acostumados. Isso é definitivamente um sucesso em face da COVID. ”

Voluntários estrangeiros do Projeto Biodiversidade posam para foto.

***

Você Quer ajudar a proteger as tartarugas marinhas ou tem paixão pela preservação do meio ambiente? Para saber mais sobre esta fantástica oportunidade de voluntariado, visite o Projeto Biodiversidade ou explore diferentes opções no Idealist para ser voluntário com esta ou outras organizações.

A light bulb with an illustration of a yellow line extendei

Este é um conteúdo Copyleft (ↄ). Você pode reproduzir esse e qualquer outro conteúdo de nosso blog e compartilhar em diferentes mídias (online, jornal, etc), bastando citar a fonte e um link para a o Blog Idealista.

Resposta do Idealist frente ao Covid-19

Central de Recursos Covid-19 -  Grupos de Apoio Mútuo - Recursos por Cidades

Idealist.org - Encontre um emprego. Conecte-se com organizações sem fins lucrativos. Cresça sua comunidade. Construa um mundo melhor.

·      Leia histórias inspiradoras e acesse dicas para agir em sua comunidade e em sua carreira

·      Conecte-se com formas de gerar impacto social.

·      Junte-se ao grupo de Facebook dos Idealistas do Mundo e dos Grupos de Ajuda Covid-19. Caso você faça parte de uma instituição, poderá cadastrar a sua organização ou coletivo na plataforma e assim anunciar ações e vagas de voluntariado, estágio e emprego.

·      Tradução: Poliana Guerra é escritora na PoliContent e Idealista de Nova Era, Minas Gerais.

Gostou da história? Inscreva-se abaixo e compartilhe em suas redes sociais

Compartilhe essa publicação

Carol Walton de perfil da imagem

Carol Walton

Carol Walton is a Community Organizer at Idealist. She connects our community of idealists with opportunities to volunteer and take action in their area.